Terça-feira, 7 de Abril de 2009
Ode à cama

 

Adoro sentir o aconchego que me proporcionas quando em ti me deito

O toque do lençol por mim escolhido

O calor que emanas de encontro ao meu corpo

Sentir na minha pele as curvas do teu colchão é o meu deleito.

 

Esperas-me sempre convidativa, fazendo-me gemer de prazer

Confortas-me e fazes-me sonhar, voar pelo imaginário

Deixando-me saudosa quando de ti me afasto

Ansiosa por regressar, voltar a tocar-te com todo o meu ser.

 

(Nem calculam as saudades que tenho de dormir mais de duas horas seguidas...)

 

 



publicado por Marisa às 15:22
| diz qualquer coisa | favorito
|

sobre mim
online
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Coisas Recentes

Actas e actos

Só me apetece é gritar

A gaja vai à discoteca

Fim de Ano

Ia a conduzir e ouvi na r...

Coisas Antigas
subscrever feeds