Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007
Debate no Autocarro

Não sei quantos de vós tiveram o prazer de assistir a um debate no autocarro. Eu como nasci com a estrela da sorte virada para mim, tive o prazer de observar de perto esse fenómeno.

São 08:40 e o autocarro já se encontra bastante composto pelos "clientes habituais" do autocarro (são sempre os mesmos), ao entrarem saudam-se uns aos outros em voz alta da frente do autocarro para a parte de trás. Os lugares também são praticamente marcados, podemos encontrar sempre as mesmas caras nos mesmos lugares e eis que acontece algo de inesperado. Começo a ouvir vozes a falar invulgarmente alto, levanto os meus olhos do livro que estou a ler para poder prestar atenção ao que se está a passar. De início pensei tratar-se de uma discussão acessa entre duas pessoas e só depois percebi que era um debate acerca de um tema bastante actual de uma criança que foi adoptada por um casal e que agora o pai biológico exigia custódia.

Cada pessoa dava a sua opinião em alto e bom som para que todo o autocarro pudesse ouvir "AH ELA ATÉ DISSE QUE QUANDO LHE FOI DIZER QUE TAVA GRÁVIDA ELE DISSE QUE NÃO SABIA SE O FILHO ERA DELE!" e "PAIS SÃO AQUELES QUE CRIAM A CRIANÇA, NÃO AQUELES QUE O PARIRAM!" - nesta altura já tinha fechado o livro pois não queria perder pitada do que estava a ser dito.

Todos tinham a mesma opinião, mas todos sentiram necessidade de expressá-la à sua própria maneira, ao mesmo tempo que todos anuiam com a cabeça em sentido de concordância.

Eu pensei para mim própria, com um sorriso nos lábios, que é fantástico o pais onde vivemos. Podermos assistir a uma coisa destas a esta hora da manhã e começar o dia bem :-)



publicado por Marisa às 11:19
| diz qualquer coisa | favorito
|

2 comentários:
De Miguel. a 25 de Janeiro de 2007 às 13:36
Primeiro, claro que tinhas de parar tudo o que estavas a fazer, era urgente - diria mais, essencial para a humanidade - que tu cuscasses o que esses arruaceiros diziam. (sarcasmo)

Segundo, constato que tens toda a razão. Ir num autocarro e ouvir pessoas a falar alto e a debater, só mesmo em Portugal. Jamais em outro país - qualquer outro, grande ou pequeno - deste nosso mundo, se soube ou virá a saber de algo semelhante. (ironia)

Eu tinha mais recursos estilísticos, mas por agora uso só estes dois...


De eu a 23 de Janeiro de 2007 às 13:47


Sua CUSCA!!!!!


LOL


Comentar post

sobre mim
online
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Coisas Recentes

Actas e actos

Só me apetece é gritar

A gaja vai à discoteca

Fim de Ano

Ia a conduzir e ouvi na r...

Coisas Antigas
subscrever feeds