Terça-feira, 9 de Agosto de 2005
CRISE DOS 5 ANOS
3701-002126.jpg

Não quis ir de férias sem antes colocar este texto aqui que não me saí da cabeça:
Nos últimos tempos tenho assistido à separação de muitos casais de longa data. É algo que me faz uma certa confusão e que me faz crer um pouco na famosa crise dos 5 anos de que tanto falam. É certo que nos últimos anos deixei de acreditar em muita coisa dado os “pontapés” que tenho levado e à minha própria Crise dos 5 anos (felizmente ultrapassada), mas será que sou eu que estou errada?
Não sei se uma pessoa chegando a essa altura começa a pôr em causa se será mesmo aquilo que quer para o “o resto da vida”, se se põe a pensar que há mais “peixe no mar” e que se calhar está a perder muita coisa… seja qual for a razão faz-me uma certa confusão ao separarem-se andarem aí com “os cornos no ar” a experimentar tudo o que aparece. Digo isto porque no meu ver, enquanto há uma confusão acerca do que se sente pela outra pessoa, não é tomando esta atitude que vai facilitar as coisas. Muito pelo contrário, ainda vem confundir mais, para não dizer que pode arruinar qualquer hipótese de reconciliação. Custa-me assistir a isto porque aquele casal pode ficar irremediavelmente separado quando até poderiam ser felizes.
Faz-me crer que esta Crise dos 5 anos é uma prova de fogo: ou o casal fica junto ou separa-se para sempre.
As desilusões são inevitáveis mas acho que são maiores quando as coisas não estão totalmente resolvidas e “arrumadas na prateleira” e se tomam acções menos próprias. Mas é como vos digo, se calhar sou eu que estou errada, se calhar sou uma sonhadora, se calhar sou muito conservadora, se calhar eu é que sou parva e não devia acreditar nestas coisas, se calhar sou demasiado ingénua… não sei mas custa-me quando são pessoas de quem gosto. Custa-me porque sei que se podem vir a arrepender para sempre.


publicado por Marisa às 17:44
| diz qualquer coisa | favorito
|

10 comentários:
De Metralha a 9 de Agosto de 2005 às 21:19
Crise dos 5 anos? O máximo que tive foi a crise dos 3 (reparem no trocadilho que eu ababei de criar agora mesmo...)

E já agora, é FELIZMENTE e não felismente...


De Metralha a 9 de Agosto de 2005 às 21:20
Eu queria dizer ACABEI e não ababei...
Desculpem, mas ainda estava a rir por causa do trocadilho... :)


De Marisa a 9 de Agosto de 2005 às 21:36
Cá para mim não sabes é ler... onde está o "felismente"? tsss tssss Não aprendeste na faculdade? Ou tás a aprender agora no mestrado?
LOL


De Metralha a 10 de Agosto de 2005 às 16:24
Pois, a vantagem quem publica os "Post's" é poder alterar os textos... Deve ser para eu passar por analfabeto :P


De Marisa a 10 de Agosto de 2005 às 16:24
LLLLLLLLLLLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLL


De Anónimo a 17 de Agosto de 2005 às 20:45
nem comento ... sem palavras


De Cristina carvalho a 26 de Agosto de 2005 às 14:44
Ola Marisa!! Desculpa ja ha muito que nao vou ao teu blog. Realmente a Crise dos 5 é verdade. Eu separei me do meu namorado aos 5 anos e meio. De facto parece ser verdade. Voltamos 6 meses depois. Mas ainda nao é bem bem a felicidade total, mas pelo menos 51%. Um jinho Cristina.


De Lit a 1 de Setembro de 2005 às 15:56
Realmente é verdade... n sei explicar porquê (tb aconteceu comigo), mas o facto é k acontece... conheço inumeros casos, alguns resolveram-se e agora até estão casados e felizes ( acho eu, lol), outros acabaram por seguir cada um o seu caminho... Pela minha experiência própria, depois de resolvida a crise, as coisas até correm melhor k antes!


De NUNO a 7 de Setembro de 2005 às 13:25
È VERDADE, HOJE EM DIA, AS RELAÇÕES CADA VEZ MAIS, TÊM PROVAS DE FOGO... NO RESULTADO DA PROVA ESTÁ A VERDADE DO QUE SE SENTE!


De Metralha a 7 de Setembro de 2005 às 15:53
A crise está na cabeça das pessoas...
E em São Bento!!!
:)


Comentar post

sobre mim
online
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Coisas Recentes

Actas e actos

Só me apetece é gritar

A gaja vai à discoteca

Fim de Ano

Ia a conduzir e ouvi na r...

Coisas Antigas
subscrever feeds